segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Namoro é sinônimo de cobrança?

 
A nova geração prega liberdade, mas acaba tendo visões unilaterais. Assim, como só deseja a cereja do bolo tribal, enxerga somente o lado negativo das relações mais sólidas. Desconhece a delícia de assistir a um filme debaixo das cobertas num dia chuvoso comendo pipoca com chocolate quente, o prazer de dormir junto abraçado, roçando os pés sob as cobertas, e a troca de cumplicidade, carinho e amor.
Namorar é algo que vai muito além das cobranças. É cuidar do outro e ser cuidado por ele, é telefonar só para dizer boa noite, ter uma boa companhia para ir ao cinema de mãos dadas, transar por amor, ter alguém para fazer e receber cafuné, um colo para chorar, uma mão para enxugar lágrimas, enfim, é ter alguém para amar.
Já dizia o poeta que amar se aprende amando. Assim, podemos aprender a amar nos relacionando. Trocando experiências, afetos, conflitos e sensações. Não precisamos amar sob os conceitos que nos foram
passados. Somos livres para optarmos.
E ser livre não é beijar na boca e não ser de ninguém. É ter coragem, ser autêntico
e se permitir viver um sentimento... É arriscar, pagar para ver e correr atrás da tão sonhada felicidade. É doar e receber, é estar disponível de alma, para que as
surpresas da vida possam aparecer. É compartilhar momentos de alegria e buscar tirar proveito até mesmo das coisas ruins. Ser de todo mundo, não ser de ninguém,
é o mesmo que não ter ninguém também... É não ser livre para trocar e crescer... É estar fadado ao fracasso emocional e à tão temida SOLIDÃO... Seres humanos são anjos de uma asa só, para voar têm que se unir ao outro" é isso ai !!!bjos aos visitantes e blogueiros amigos
 

2 comentários:

Elaine Barnes disse...

Concordo com tudo. Namorar é confiar em si e no outro para realmente ficar livre para ser você mesmo. Sem fazer tipo ou vender o principe e a princesa para depois se decpcionar. Ser autentico, expontâneo e ter bom humor, é que leva um namoro na confiança que poderá rir a vontade, sem acharem que está tirando uma ou que 'aí tem!". Namorar é confiar, partilhar a vida sem confiança num dá. Ameui seu texto. Montão de bjs e abraços

Vivianne disse...

Grande Arnaldo Jabor, os textos deles são otimos, conheço quase todos! Adoro... s2